11 novembro 2008

...E o que eu esperava chegou!

E a alegria chegou você chegou, e chegaram também as fortes batidas de meu coração. É tão bom ter liberdade e se sentir preso num pedaço de chão quando paro pra ver você passar. E a vontade de permanecer á metros de você é mais forte do que aquela vontade que sentia de sair de meu trabalho e ir direto pra o cursinho querendo ver coisas desnecessárias que só me faziam bem por algumas horas e depois acabava. Você? Ah. Você não. Se te vejo na segunda-feira fico em estado de graça suficiente para aturar as responsabilidades do resto da semana! É como deitar no chão gramado do clube e imaginar figuras nas nuvens de um dia ensolarado. Dessa vez a gente se bateu. E eu que nunca tinha ouvido sua voz (falando comigo) tão doce e tão amarga como aquela sensação de tomar refrigerante e sentir aquela palpitação no canto da boca (e gostar). Você saiu, eu saí, nós nos batemos em frente meu trabalho. Meu Deus, eu seu que na Bíblia diz que o destino não existe e quem faz o caminho é Você, oh Pai. E foi Você quem colocou ele no meu caminho. Como diz Lorena: ‘Você não vai achar quem você quer. Alguém vai encontrar o que queria em você!’. Agora eu já sei onde você mora, onde trabalha, onde ele costuma passar um tempinho livre de ambos, eu já sei até seu número.


‘Amanhã eu te verei quando ficar de noite!
Eu nunca pensei
Enquanto te esperava
Eu sempre te esperei
Mas você não chegava’
Para quando o arco-íris encontrar o pote de ouro - Nando Reis.

2 comentários:

Loly disse...

Que texto MARA! Que lindo, a gente flutua quando encontra alguém que nos deixa com um sorrisão no rosto e com o coração palpitando.
Seja intensa e verdadeira. Sempre!
Sucesso aê mulher...
Meu nome até saiu, que chique! kkkk
Achou QUEM ESTAVA PROCURANDO POR VOCÊ!

Danielle Cerqueira disse...

eu amo muito tudo isso! (L)