28 novembro 2008

O FIM É LINDO

Um casal diante do fim terá a grande noite de sua vida por não prever uma próxima.Sairá do esconderijo porque não se vê mais seguro. Mostrará do que é capaz. Queimará o que guardou, não fará mais nenhum jogo, esquecerá a sedução e os conselhos dos amigos. Mais intensidade do que intenção.É o escândalo da verdade. Tímidos se transformam em terroristas, calmos ficam enervados, pacientes se portam como histéricos. Por um instante, não há medo de fazeras propostas mais desvairadas, confessar palavras reprimidas, estender os olhos como um lençol limpo.O fim é lindo. Do crepúsculo, de uma vela, de uma chuva. O fim é esperançoso, exigente. Pancadas de beleza.O som e o sol pulam como um suicida ao avesso para dentro da vida.

"Passei a vida aprendendo a respeitar teu espaço.
Como povoá-lo após tua partida?"
Fabrício Carpinejar
(Sétima elegia, Terceira Sede)

2 comentários:

Maaai disse...

Ta tudo liindo, o blog, o post tuudo *-*

Danielle Cerqueira disse...

Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii... A dona principalmente, né amiga??? kkk